Home Mundo agora Entenda o que são desastres naturais e o que fazer para se precaver

Entenda o que são desastres naturais e o que fazer para se precaver

por Redação Momento Critico 14/02/2018

Os desastres naturais são responsáveis por desabrigar ou até mesmo dizimar famílias inteiras. Talvez por esse motivo, são acontecimentos que inspiram muito a sétima arte. Prova disso são os filmes baseados em desastres que aconteceram ou são inspirados em hipóteses.

 

Alguns exemplos.

O Impossível.

Impacto Profundo.

O Dia depois de amanhã.

2012.

No olho do tornado e muitos outros mais.

A lista é bem extensa o que deixa claro o interesse por estes assuntos.

 

Obviamente as pessoas não celebram um tsunami ou erupção vulcânica que ocorra em qualquer lugar do mundo. Pelo contrário, muitas se solidarizam ajudando de qualquer maneira possível, porém, a emoção fala mais alto e arrasta milhares de pessoas, para vivenciar, mesmo que nas telas, a sensação e os horrores de quem viveu ou pode vivenciar algo assim.

desastres naturais

 

O que são desastres naturais?

 

Os desastres naturais são fenômenos resultantes da geodinâmica do planeta. Às vezes de cunho natural ou, devido a influência da humanidade. Geralmente quando acontecem as consequências são apocalípticas para os habitantes da região ou do planeta.

 

Algumas pessoas se perguntam. “Mas, e a tecnologia para a previsão desses desastres naturais, onde entra?” Por mais avançados que estejamos neste quesito, os desastres naturais continuam sendo imprevisíveis.

 

Geralmente, os desastres naturais ocorrem devido a alguma mudança no ciclo terrestre, contudo, estudos mais aprofundados têm revelado outras significativas razões para acontecerem.

Alguns desastres naturais estão acontecendo devido a algumas mudanças do planeta ocasionadas pela ação humana. Como o efeito estufa e aquecimento global. Esses eventos tem influência sobre a natureza do planeta, gerando desequilíbrio e resultando em desastres.

 

Desastres, antropogênicos e o planeta

 

Infelizmente os desastres causam danos terríveis e prejuízos que vão muito além do estado de calamidade. Mas, esses eventos ajudam na manutenção do planeta, ou seja, formam relevos abastecem fontes naturais etc.

desastres naturais

 

Desastres naturais e suas classificações

 

  • Tempestades: Sabemos que as tempestades são terríveis dependendo da quantidade de água, vento, frio, raios, ou granizo. Em alguns países, tempestades de neve ou de areia. Os resultados de um fluxo excessivo de precipitação pode gerar uma série de problemas: deslizamentos, quedas de torres de energia, árvores, etc.

 

  • Terremotos: São os mais conhecidos e mais comuns no planeta todo, principalmente no círculo de fogo, pois estamos caminhando sobre placas tectônicas e é natural que elas se movimentem. O planeta está em constante modificação de seu relevo. Existem os terremotos e os maremotos. Tanto os maremotos quanto terremotos acontecem devido ao deslocamento dessas imensas placas, de vulcões em atividade ou dos gases no interior do planeta. Os tsunamis que são provocados por terremotos no oceano, são causados por deslocamentos das placas tectônicas nas profundezas dos oceanos.

 

  • Ciclones, Tufão e Furacões: Esses também são muito comentados e que mais comumente acontecem de maneira geral na região dos Estados Unidos devido as variações e diferenças climáticas. Esses desastres naturais já destruíram estados inteiros.

 

  • Seca: Antigamente a seca era mais conhecida no nordeste brasileiro e nos desertos, porém, com o aquecimento global e o efeito estufa, a seca tornou-se um problema de outras regiões.

 

  • Erupções Vulcânicas: Eis um desastre natural capaz de destruir cidades inteiras. Prova disso é a cidade de Pompeia que foi destruída pelo Vesúvio, vulcão este que ainda poderá voltar a atividade.

 

  • Enchentes ou Inundações: esses desastres tem tudo a ver com a influência negativa da sociedade no meio ambiente. Um exemplo disso é quando somamos uma alta quantidade de chuva com outra alta quantidade de lixo abandonado pelas ruas. Uma equação que já desabrigou muitas pessoas.

 

desastres naturais

 

Desastres naturais pelo mundo

 

Alguns desastres naturais que aconteceram, tornaram-se notícia no mundo todo.

 

  • Tsunami na Indonésia. No dia 26/12/2004 houve um terremoto que atingiu a magnitude 9 e consequentemente devastou uma parte da costa oeste de Sumatra, localizada na Indonésia. Conhecido também por ser o terceiro maior maremoto já registrado no mundo, resultou em cerca de 230.000 óbitos.
  • Furacão Katrina. 2.000 pessoas morreram devido a esse furacão que tornou-se notícia no mundo inteiro. O Katrina foi um furação de categoria 5 com ventos que chegavam a 280 quilômetros por hora.
  • Terremoto no Haiti. Em janeiro de 2010, 200.000 pessoas morreram devido ao terremoto de magnitude 7 que devastou Porto Príncipe.

 

desastres naturais

 

Os desastres naturais no Brasil

 

Durante muitos anos o país ficou fora dessa onda de desastres naturais. Tanto é que muitos brasileiros utilizam expressões como.

“Deus é brasileiro” ou, “o Brasil é um lugar abençoado”. Você já deve ter ouvido algo assim em algum momento de sua existência, não é verdade?

 

Nosso país, durante muitos anos, devido a sua natureza, resistiu aos abusos da humanidade sobre o meio ambiente. Hoje em dia as coisas não são bem assim. Começamos a vivenciar na pele alguns desses eventos terríveis. Tudo bem, “não temos” furacões e terremotos, mas todos os países estão sujeitos a isso. Ao menos, não tínhamos notícia de furacão até ocorrer o furacão Catarina.

 

No Brasil, os desastres naturais geralmente são ocasionados pelo ser humano. Como no caso da cidade de Mariana. Aquilo não foi um desastre natural, mas sim um acidente ocasionado pela imprudência humana.

desastres naturais

 

Por aqui, um dos grandes problemas é o excesso de chuva em alguns lugares e a falta dela em outros, um país de contraste como seus próprios habitantes.

 

Como dissemos no início deste artigo. Com nossa tecnologia procuramos de todas as maneiras estar um passo à frente desses desastres naturais. No entanto, por mais equipamentos que possamos ter, essas catástrofes acontecem quando menos esperamos.

Você pode estar agora em casa, lendo esse artigo e, do outro lado do mundo, pode estar acontecendo um terremoto gigantesco. É a natureza, lembrando-nos de nossa responsabilidade na preservação de nosso meio ambiente.

 

“Fique sempre atento a tudo o que acontece, com a cabeça no mundo e os pés no chão.”

 

Notícias Relacionadas

Gostaríamos de saber a sua opinião. Comente!